dodouro press

Foi nomeado a seu pedido, em 1990, Juiz presidente do Tribunal Tributário do Porto, e Juiz do tribunal Fiscal Aduaneiro até 1996, promovido a Juiz desembargador do Tribunal da Relação de Coimbra, onde exerceu funções até Abril de 1977 e colocado a seu pedido em Abril de 1977 no tribunal tributário de 2ª^instância de Lisboa, integrando o Tribunal Central Administrativo até ao seu desmembramento ocorrido em 2004;
Em Janeiro de 2004 com a criação do Tribunal central administrativo norte integrou a secção do contencioso tributário, tendo sido eleito nesse mesmo ano, vice-presidente do Tribunal Central Administrativo do Norte;
Em Janeiro de 2010, foi eleito presidente do tribunal Central Administrativo do Norte;
Agora, precisamente a 25-03-2014, foi nomeado Juiz Conselheiro do Supremo Tribunal Administrativo da secção do Contencioso Tributário.
Tal facto é motivo de contentamente e vaidade dos durienses, não só por o nomeado também o ser, mas por gozar da simpatia geral do povo, da máxima consideração de todos quantos com ele lidaram nos tribunais da zona, já que é um profundo conhecedor das leis, da vida do dia a dia e sobretudo dotado de um bom senso extraordinário.
Além dessa faceta de excelente Juiz ( justo e sabedor ) é um óptimo vitivinicultor e um profundo conhecedor das maleitas da região, razão pela qual várias vezes tem sido convidado a participar em congressos, reuniões e foruns não só sobre a região mas também sobre os problemas da própria vinha e do vinho.
O notícias do douro em nome dos durienses felicita o Conselheiro Carvalho e deseja-lhe nas suas novas funções igual desempenho ao já realizado.