dodouro press

28Dez.2007 - Dívidas do Estado a fornecedores sobem 19% e ascendem a 2.000 milhões de euros
A saúde equivale a 30% das dívidas
As dívidas do Estado a fornecedores aumentaram 19 por cento em 2006, face ao ano anterior, segundo o Tribunal de Contas, penalizadas pelo crescimento superior a 30% das dívidas na saúde.
No parecer da Conta Geral do Estado de 2006, o Tribunal refere que as dívidas da administração central e de algumas entidades do Sector Público Empresarial (excluindo as autarquias e as regiões) subiram 19 por cento para 1.967,6 milhões de euros.
Dessas dívidas, cerca de 18% são relativas a entidades ligadas ao Ministério da Saúde e o seu crescimento foi de 32,6%, face ao ano anterior.
A maioria (79,3%) das dívidas são de valor inferior a 100 mil euros, mas em valor a grande parte delas (44%) é superior a 10 milhões de euros. A estes nem sequer Boas Festas...