dodouro press

Dia Mundial do Sono assinala-se a 13 de março
Dormir bem ajuda a emagrecer
Os distúrbios do sono são responsáveis pelo aumento de apetite e pela redução da eficácia de uma dieta, alerta a Unidade de Nutrição Clínica do Hospital Lusíadas Lisboa, no âmbito das comemorações do Dia Mundial do Sono, que se assinala a 13 de março.
"Dormir sete a oito horas por dia potencia a perda de gordura corporal e ajuda a controlar a fome devido aos processos metabólicos e hormonais que ocorrem durante o sono.
Quando existem perturbações do sono ocorre uma desregulação no controlo e estímulo do apetite que é responsável por um consumo alimentar compulsivo e excessivo", afirma Ana Rita Lopes, coordenadora da Unidade de Nutrição Clínica do Hospital Lusíadas Lisboa.
"Outra das alterações provocadas pela alteração do sono é o cansaço por ele provocado que dificulta a prática de exercício físico, resultando consequentemente num menor gasto energético. Se o sono for adequado, o equilíbrio energético é restabelecido e as pessoas sentem-se mais ativas e, assim, mais propícias a perder peso", acrescenta.
A especialista deixa ainda alguns conselhos para uma dieta "completa, equilibrada e variada", incentivando a ingestão de alimentos "ricos em triptofano, como o leite, iogurte, nozes e banana, capazes de aumentar os níveis de serotonina, neurotransmissor que regula o humor, o sono, o apetite e as funções intelectuais".