dodouro press

Apagar fogos de táxi é uma possibilidade!
Corporação dos Bombeiros de Castro Daire não tem carros para apagar incêndios e admite deslocar-se de táxi para combater as chamas
O Presidente da Direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Castro Daire, António Pinto, ameaçou no transacto dia 02 de Março poder vir recorrer aos Táxis como meio de transporte dos bombeiros daquela corporação para combate aos incêndios, isto porque a Corporação só dispões de um veículo de primeira intervenção para levar os Bombeiros a apagar os fogos num Concelho que até é tido como um dos mais problemáticos em matéria de incêndios!
António Pinto disse que “a época oficial de fogos florestais começa a 15 de Abril e nós vamos ter no terreno três grupos de 15 homens de primeira intervenção a partir dessa altura. Se deflagrarem vários incêndios ao mesmo tempo, como é que, só com uma viatura, vamos transportar os Bombeiros para os diversos locais?”
O mesmo foi peremptório a responder à questão por ele formulada: “Eu já sei. Vão de Táxi!”, adiantando que iria propor na próxima reunião de Direcção a eleboração de contratos com os taxistas com praça na sede de Concelho e na freguesia de Parada, onde os BV de Castro Daire têm uma Secção.

O Presidente da Direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Castro Daire garantiu ainda que tinha a promessa do Comandante Operacional e do Governador Civil do Distrito de Viseu, Acácio Pinto, para uma nova viatura. Porém, há cerca de dez dias, o Governador Civil ter-lhe-á comunicado que teria de candidatar a aquisição da viatura ao QREN.
António Pinto teme, agora, que a viatura tarde em chegar, admitindo mesmo que “nunca mais chegará”, já que a candidatura ao QREN demora e a aprovação da mesma ainda demora mais!