dodouro press

Preços do gás natural para as famílias descem 3,4 %
Os preços do gás natural vão baixar 3,4 por cento para os consumidores domésticos a partir de hoje (dia 1 de Julho), segundo a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos. A proposta inicial da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) apontava para uma redução das tarifas em 2,8% para os consumidores domésticos e todos os que têm um consumo inferior a 10 mil metros cúbicos de gás natural por ano.
Nesta proposta final, optou-se por agravar os preços para os consumidores industriais. Assim, os grandes consumidores com um consumo superior a dois milhões de metros cúbicos por ano verão a factura agravar-se 0,6%, ao contrário dos 0,5% iniciais, e os consumidores industriais, com um consumo entre os 10 mil e os dois milhões de metros cúbicos terão uma descida de 3,6% ao contrário dos 5,2% inicialmente previstos. Os preços globais sofrerão uma descida de 1,2%.
A proposta final da ERSE reduz ainda as assimetrias a nível regional, tornando mais rápido o processo de uniformização tarifária, uma vez que baixam ainda mais as tarifas cobradas pelas várias concessionárias regionais.
As variações oscilam entre uma quebra de 2,4% na Lusitaniagás e os 2,1% na Dourogás. A Setgás mantém os preços inalterados.
As novas tarifas incorporam já as reduções decorrentes da proibição da cobrança das taxas dos contadores, que deu origem a uma redução dos activos remunerados de 13,5 milhões de euros.