dodouro press

34º Congresso Mundial da Vinha e do Vinho e a Assembleia Geral da OIV - Organização Internacional da Vinha e do Vinho
O Porto - Edifício da Alfândega - vai acolher de 20 a 27 de Junho o 34º Congresso Mundial da Vinha e do Vinho e a Assembleia Geral da OIV (Congresso OIV 2011). Trata-se da segunda vez que Portugal acolhe o Congresso OIV - Organização Internacional da Vinha e do Vinho, depois de Lisboa ter recebido a 23ª edição do mesmo evento em 1998.
Trata-se de um evento da maior relevância para Portugal, que reunirá diversos especialistas de inquestionável reconhecimento internacional, abordando temáticas da maior actualidade e pertinência que vão desde a economia, ciência, agricultura, arquitectura e território, entre outros.
O tema geral do Congresso é "A Construção do Vinho – Uma Conspiração de Saber e de Arte", compreendendo os seguintes subtemas: A construção de um vinho; As construções para o vinho; A construção das cidades do vinho; A construção dos mercados do vinho.
Salienta-se ainda que entre os autores de resumos ao OIV, estão representados também os melhores centros de investigação mundiais, para além de muitos outros de reconhecida notoriedade, tais como: o Australian Wine Research Institute e a Winemakers' Federation of Australia (Austrália), Forschungsanstalt Geisenheim e o Kompetenzzentrum Weinforschung (Alemanha), Stellenbosch University (África do Sul), Instituto Nacional de Recursos Biológicos (Portugal), Universidade de Montpellier (França), Institut Français de la Vigne et du Vin (IFV) França, CRA - Centro Ricerca Per La Viticoltura (Itália), Instituto Agronômico de Campinas (IAC), Brasil, Food and Environment Research Agency (UK), Universidade de Bordeaux (França), Southern Oregon University (EUA) and ADVID (Portugal) , Biocant, (Portugal), e muitos outros.
Como complemento ao programa científico do Congresso, está prevista a realização de visitas técnicas com o intuito de permitir aos visitantes um contacto directo com as regiões vitivinícolas portuguesas "Douro" e Vinhos Verdes". Alternativamente, um dos circuitos será especialmente dedicado a mostrar iniciativas de turismo em torno do vinho e visitas "obra aberta" a instalações ligadas ao vinho com projectos de arquitectura de referência, guiadas pelos seus autores. Este circuito ocupará dois dias.