dodouro press

Moimenta da Beira
Fundação assinala aniversário de Aquilino
A Fundação Aquilino Ribeiro (FAR) assinala na próxima terça-feira, 13 de Setembro, na sua sede em Soutosa, Moimenta da Beira, os 126 anos do nascimento de Mestre Aquilino Ribeiro com um programa que inclui duas conferências sobre o escritor, uma exposição de pintura, um concerto de guitarra clássica e a apresentação da nova imagem da FAR.
A iniciativa pretende relembrar um dos romancistas mais fecundos da primeira metade do século XX, com mais de 70 obras editadas em diferentes géneros, entre romances, ensaios e poesia, que nasceu em Carregal, Sernancelhe (1885), mas cresceu e viveu, por largos período da sua vida, em Soutosa, aldeia de Moimenta da Beira.
A abertura das celebrações, pelas 21horas, caberá aos autarcas de Moimenta da Beira, Sernancelhe e Vila Nova de Paiva que asseguram rotativamente, desde Junho deste ano, e por mandatos de dois anos, a presidência da Fundação. O edil de Moimenta, José Eduardo Ferreira, é o primeiro líder.
Segue-se depois (21h15) um concerto a solo de guitarra clássica por José Dias. E, às 21h30, as duas conferências por dois aquilinianos:: Alberto Correia e António Augusto Fernandes, ambos do CEAR (Centro de Estudos Aquilino Ribeiro, apresentam). O primeiro fala de "Aquilino Ribeiro - Símbolo unificador de um território" e o segundo de "Eros: A Lídima Fonte".
Durante a homenagem ao escritor vai ser também apresentada a nova imagem da fundação, 23 anos depois da sua criação.
O programa prossegue às 22h35 com a inauguração da exposição "Aquilino … Desconhecido", composta por telas que mostram uma cronologia da vida e obra do escritor através de textos, ilustrações, fotografias e depoimentos que ilustram diferentes fases da sua vida. E termina com um Demo de Honra, cerca das 22h40.