dodouro press

Edição limitada a 2010 garrafas de 0,5 cl
Quinta do Pôpa inova no Douro ao lançar o primeiro vinho doce tinto da região O produtor de vinhos duriense Quinta do Pôpa vai lançar em Novembro o ‘Pôpa Vinho Doce tinto 2010’, o primeiro vinho doce feito, no Douro, a partir de uvas tintas colhidas no início de Outubro de 2010, não chegando, por isso, a serem atingidas pela botrytis cinérea (processo que ocorre nas uvas que dão origem aos vinhos de colheita tardia).
A feitura é semelhante à do vinho do Porto, mas sem que haja adição de álcool no processo de paragem da fermentação. ^
Com uma produção total de 2010 garrafas, todas elas numeradas, o ‘Pôpa Vinho Doce tinto 2010’ tem, à semelhança de todos os vinhos da Quinta do Pôpa, a assinatura do conhecido enólogo Luís Pato. Foi elaborado a partir do blend de vinte e uma castas provenientes de vinhas com mais de 60 anos, erguidas em pleno Douro Vinhateiro, nos socalcos da encosta de uma das estradas mais belas do mundo, a Nacional 222, em Adorigo, no concelho de Tabuaço.
De cor vermelha, o ‘Pôpa Vinho Doce tinto 2010’ apresenta um aroma fresco e delicado a frutos vermelhos, com nuances de frutos secos. Na boca é um vinho elegante, que apresenta um bom equilíbrio entre os taninos maduros e a doçura, o que lhe dá um final persistente e atractivo.