dodouro press

O insucesso e abandono escolares: um desafio para as autarquias
No âmbito de uma parceria entre três instituições de ensino superior público, a Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto (FPCEUP), a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) e a Fundação da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FFCUL), tem vindo a desenvolver-se um projeto de investigação denominado "Trabalhar em rede em educação? Discursos e estratégias do poder autárquico em torno do insucesso e abandono escolares", financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT).
A problemática do projeto centra-se na análise do envolvimento das autarquias no combate ao insucesso e abandono escolares, que é o mesmo que dizer na promoção do sucesso escolar, tendo especial atenção às perspetivas sobre o trabalho em rede em educação.
Para este estudo foram selecionados 25 autarquias em 13 distritos, abrangendo boa parte do território português e autarquias de distintas configurações. A metodologia de trabalho centrou-se na análise documental e na aplicação de entrevistas semiestruturadas. Foram analisadas cartas educativas das autarquias, atas dos Conselhos Municipais de Educação, projetos educativos, sites dos municípios e textos legislativos. Aplicaram-se entrevistas semiestruturadas a vereadores e técnicos autárquicos e, posteriormente, a elementos dos agrupamentos de escolas (diretores de agrupamento, professores do conselho geral dos agrupamentos e representantes de associações de pais). Na elaboração dos guiões das entrevistas foram tidas em conta questões que permitissem perceber as perspectivas sobre sucesso, insucesso e abandono escolares; as orientações e ações da politica educativa local e por fim a existência ou não de trabalho em rede ou em parceria no âmbito da educação.
O projeto encontra-se na sua última fase de investigação, na perspetiva de poder contribuir para compreensão da complexidade das políticas de descentralização na esfera educativa.