dodouro press

Romeiro, peregrino de beleza,
Exulta. Eis a Cidade que procuras
A Terra prometida em singeleza
Na branda claridade das alturas…

Eleva o coração, como quem reza
a prece lirial das horas puras,
e sublima-te, ainda, na leveza
da luz imponderável das lonjuras.

Desabrocha a tua alma ao sol da graça;
Que tudo seja e luz se faça
No mistério das trevas e dos tédios.

Podes ser Amor – pensa-o bem! –
O menino ideal de sua Mãe
- O menino da Senhora dos Remédios.

Viriato Lemos