dodouro press

Uma noite, dois espectáculos deslumbrantes
Arte urbana sumptuosa e admirável que coloriu uma noite quente e fez vibrar o imaginário de um povo que abarrotava o recinto da Expodemo. Foi no sábado, 21 de Setembro.
Primeiro, o espectáculo comunitário "Fados, Ficção e Folclore", uma encenação de Nuno Paulino, da Companhia de Teatro de Lisboa "Artelier", com fadistas em palco e actores suspensos no ar. A encenação teatral, que levou também ao palco elementos do Rancho Folclórico da Casa do Povo de Leomil e alunos da Escola Secundária de Moimenta da Beira, foi uma viagem multimédia em torno da obra de Aquilino Ribeiro e das gentes de Moimenta da Beira.
Depois, o teatro de rua "Manel dança Maria – Era uma vez… a maçã", também a cargo da "Atelier". Uma peça que evocou o mito do fruto proibido num final épico e inovador que cruzou as novas tecnologias de vídeo mapping com as artes do circo aéreo e da pirotecnia, tudo suspenso por uma grua que elevou todos os cenários e actores a voarem acima do público.
As luzes e a cor das luzes projectadas numa máscara gigante, e a imponência dos efeitos conseguidos, provocaram fascínio generalizado na assistência.
Moimenta da Beira nunca tinha visto nada assim!