dodouro press

No Pinhão
Caminhada e Teatro para encerrar período de vindimas
Associação Vale d’Ouro proporciona programa diversificado para assinalar o fim do ciclo turístico e de vindimas de 2013 na vila do Pinhão
No próximo sábado, 26 de outubro, a Associação Vale d’Ouro propõe, a partir da vila do Pinhão, e para toda a região, uma caminhada e uma peça de teatro para assinalar o fim do ciclo turístico de 2013 e o fim das vindimas.
A caminhada que decorrerá pela manhã terá como cenário o vale do rio Pinhão, já à noite caberá ao Grupo de Teatro Aldeia Verde de Lazarim apresentar a sua produção deste ano.
Integrado no ciclo "Passeio das Vindimas" que a Associação Vale d’Ouro tem promovido desde 2011, a proposta para o percurso da caminhada deste ano passa pela descoberta dos segredos do vale do rio Pinhão chamando a atenção para a peculiaridade deste afluente do rio Douro e para a atividade que durante anos se desenvolveu nas suas margens, sobretudo relacionada com os moinhos aí existentes.
O percurso rondará os 7 km de extensão prevendo a organização que possa ser realizado em aproximadamente 2h já que o objetivo é também desfrutar do contacto com a natureza iniciando-se pelas 9h45 junto ao polivalente da Avenida Marginal do Pinhão.
O preço simbólico da inscrição inclui um pequeno lanche que será fornecido no ponto mais alto da caminhada junto à aldeia de S. Cristóvão do Douro, água e uma oferta da recém-criada loja online da Associação Vale d’Ouro bem como um desconto para o espetáculo de teatro que acontecerá nessa noite também na vila do Pinhão. As inscrições estão abertas até dia 25 às 19h quer em www.ascvd.pt quer na Junta de Freguesia do Pinhão.
Para o serão a proposta da Associação Vale d’Ouro é uma vez mais o teatro convidando o grupo de teatro Aldeia Verde de Lazarim que trará ao Pinhão a sua mais recente produção "É a Crise… que Criséria (este país está na miséria!)" um texto original. O espetáculo realiza-se a partir das 21h30 no Salão Nobre dos Bombeiros Voluntários da localidade e conta a história de uma família normal que tem de lutar para sobreviver à crise enraizada. A partir daqui, é um "Deus os acuda" num país em que tudo se paga e ninguém estende a mão a ninguém, a não ser que esteja apaixonado. Os bilhetes encontram-se à venda também no website www.ascvd.pt e na Junta de Freguesia do Pinhão.
A Associação Vale d’Ouro acredita desta forma contribuir decisivamente para o reforço das atividades lúdico-culturais na região e espera que a combinação da caminhada e da peça de teatro se possa traduzir num modelo de sucesso a utilizar em mais ocasiões e eventualmente por outras associações da região.

Redigido por: Direção de Comunicação Associação Vale d’Ouro
Fotos de: ASCVD